sexta-feira, 24 de junho de 2016

Um poema para minha ex (ou quando descobri o atual dela)
Me lembro do nosso começo,
nus de experiências
mas tentando um mundo
e como dá para ler no título
não deu certo
(ou deu e
o "dar certo"
é que tem
prazo de validade)
e agora você está
esbanjando nudez
na cama de outro
ou na sua própria,
que era tão macia.
Pior do que pensar nisso
é pensar que agora as suas lembranças frescas
serão pintadas por outro,
mas tudo bem.
Só não esqueça
que fui eu que
te apresentei a comida oriental
e que meu amor foi teu.
E, por favor,
não deixe a sua irmãzinha
gostar mais do seu atual
do que ela gostava de mim,
isso vai ser golpe baixo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário