sexta-feira, 24 de junho de 2016

Teu nome agora é maldito
por que a lembrança ainda é fresca.
Se vejo no crachá
da moça da farmácia
que ela tem o mesmo nome seu
ou leio por aí
esse seu nome solto,
é impossível não lembrar de você.
Pena que existam várias pessoas
carregando o seu nome por aí,
nos crachás, nas bocas e nos poemas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário