quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

Perfume

Tive a infelicidade
de sentar atrás
de uma pessoa com o
mesmo perfume seu
no ônibus.
Era um perfume doce
e nem um pouco enjoativo.
Na verdade, agora era.
Sabia que não era você
mas era o seu perfume.
Confuso, olhei melhor
para ter a certeza que era uma estranha.
Era.
A moça desceu na próxima parada.
Já você,
tinha descido a algum tempo
da minha vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário