terça-feira, 13 de outubro de 2015

Enlou(a)quecido

Até se enlouqueço
não te esqueço
pois não há
maior loucura
que teu beijo.

A Morte

Nada o abalava,
exceto a bala
que não esperava.

Preguiça

O maior propósito
da chuva é
limpar os óculos
dos preguiçosos.

Infectado

Coração infectado
com o vírus do ciúme, 
favor limpar as paranoias
com o antivírus da confiança.

Meus poemas teus

Se por acaso
encontrar partes tuas
tímidas nos meus versos,
não se assuste.
Quando retribui
meus olhares,
assina um acordo
de minha musa.

As Boas Intenções

Foi para o inferno
mesmo com suas
boas intenções.
Garantiu um quarto
com ar condicionado
pelo menos.

Perde Dor

O perdedor
fica aliviado
quando ganha espaço.

Terraço

Nem terra,
nem aço:
ar.

Óculos

E assim,
de repente,
o dedo roubou
um beijo
da lente.

Pudim

Faço tudo
pra você gostar
de mim.
Divido até
um pedaço
de pudim.

Pula!

Pulemos
além do céu
além do limite,
que nenhum pássaro
ou avião
nos irrite.

Vid@

Essa vida
cheia de 
@arrobas
me dá saudade
das exclamações.

Foice do Tempo

Foi-se o tempo
que eu me ia
em você.

Ter a Pia de Lágrimas

A saudade
é uma torneira
mal fechada.
Ter a pia de lágrimas
é lavar os problemas
com faltas.

Tingido

Pensamentos 
coloridos
(a)tingiram
meu dia.

Crise

Superar-se 
no desafio:
falta de ar
vira assovio.

Qualé a graça?

Você foi embora
e tudo perdeu a graça.
até sumiram os bancos
daquela praça.