terça-feira, 15 de setembro de 2015

Desconfiança

Poeta 
desconfiado
vive com uma
poesia atrás da orelha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário