sexta-feira, 1 de maio de 2015

Do Ombro

Me deixa ficar aqui
chorando no teu ombro.
Quem sabe aqui
eu não me assombro
com o que me faz mal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário