terça-feira, 3 de março de 2015

Passos Largos

Meu peito
É cheio de sonhos solitários
De histórias mal contadas.
Meu coração já virou tapete,
Cemitério de passos
Que se perderam nas passadas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário