terça-feira, 3 de fevereiro de 2015

Cheiro

No fim do dia
Foi o teu cheiro
Deixando a cama doce
E tua ausência
No travesseiro.
No fim do dia
As nuvens esconderam o Sol,
Teu perfume
Virou saudade
No meu lençol.

Nenhum comentário:

Postar um comentário