terça-feira, 25 de novembro de 2014

Preocupação Poética

Ando de um lado
Para o outro
Acho que a sala da minha casa
Já nem me aguenta mais.
Minha movimentação é disforme
Em zig e zag
Pra lá e pra cá
Até vejo as molduras
Cochichando sobre o que há.
Procuro pela cama
E não vejo nada.
Em todos os cômodos,
Não acho a palavra certa e nem errada.
Minha rima brinca de esconde
Acorda todo santo dia
Se metendo não sei onde.

Nenhum comentário:

Postar um comentário