terça-feira, 25 de novembro de 2014

Figurante da Vida Postiça

Tem dias que eu ando
De cabeça baixa e nem percebo.
Tem vezes que meus dias vivo
Vivendo daquilo que recebo.
As vezes tudo parece de plástico
Já mal sinto o gosto da comida também.
Os dias parecem de elástico
Parece que só sou mais um alguém.
Acho que até da minha vida
Sou apenas figurante.
No meu roteiro nem sou o cão
Pois me sinto como hidrante.

Nenhum comentário:

Postar um comentário