sábado, 3 de maio de 2014

Mundo Pequeno

O mundo era pequeno
Mas dizer que era por acaso,
Era um grande erro.

Te via em todo pensamento,
No mesmo lugar.
Sempre no mesmo momento,
Você insistia em me assombrar.

Tanta gente pra ver
E você aqui.
Eu só queria esquecer
Mas quem sabe esse verbo eu esqueci.

Infelizmente não falo de um alguém
De carne e osso, real.
Falo de uma pessoa que mora por bem.
No meu condomínio de desilusões mental.

Nenhum comentário:

Postar um comentário