sábado, 5 de abril de 2014

Nossa Rua

Você segurou minha mão ao atravessar
Que cena mais bonita
Quisera eu que ela nunca fosse acabar
E a rua se tornasse infinita

Nenhum comentário:

Postar um comentário