sábado, 5 de abril de 2014

Bebi

Da fonte do amor eu bebi
Era tão doce que me embriaguei
Por um instante, sorri
Mas se voltarei a beber, já não sei

Nenhum comentário:

Postar um comentário