domingo, 3 de fevereiro de 2013

O Tempo


Uma vez me pediram para esperar um tempo
Esperei todo o tempo do mundo
Mas descobri que tudo não passou de um passatempo
Tudo acabou em um segundo.

Tempo perdido
Oportunidades ao vento
Nada mais fazia sentido
Nem ao menos meu pensamento.

Pensamento que andava distante
Que não sabia o que pensar
Nem ao menos por onde começar
Maldito pensamento viajante!

Tudo culpa do tempo!
Que me levou uma eternidade.
Tudo culpa do tempo!
Que nem me apresentou uma finalidade.

2 comentários:

  1. é que ele é eterno...
    infelizmente algumas coisas só se sabe depois da morte .-.
    adoreiii o poema, TU TEM QUE POSTAR MAIS! >.<'

    ResponderExcluir
  2. Verdade, não se tem como adivinhar as coisas eternas talvez (:
    Aêê, valeu Nata! Tentarei fazer mais isso! ;)

    ResponderExcluir