domingo, 24 de junho de 2012

Diálogo

-Nós precisamos conversar, pare de chorar!
-Está bem, sobre o que você quer falar?
-Me fale o que você pensou quando se apaixonou por ela?
-Nada, simplesmente comecei a gostar dela...
-Mas como?? Não levou em conta tudo o que eu te falei depois daquela desilusão? Quis errar de novo?
-Não é bem assim... Eu pensei em tudo o que tinhas me dito, mas achei que seria diferente com ela.
-Você não aprende. Tudo dizia que você se decepcionaria com ela também. Tolo!
- Tudo não! Certos momentos valeram a pena, não achas?
-Certos momentos não compensam as dores de cabeça que eu tive tentando fazer você parar de se lamentar!
- Você não consegue ver o lado positivo, eu admito que as coisas acabaram de uma forma que eu não planejei, mas mesmo assim valeu a pena!
- Eu não vejo o lado positivo, mas também não fico me lamentando como um fraco. Seu defeito é não ter um cérebro para pensar melhor nas coisas!
-  É mesmo? E o seu defeito é não ter um coração para te ensinar que de vez em quando é interessante dar um salto mortal em algo!

Assim se finda mais uma discussão entre o cérebro e o coração.