quinta-feira, 17 de maio de 2012

A culpa é do Desapego


Sabe,
Eu talvez tenha ficado triste
Talvez eu tenha me apegado demais em você
E de quem é a culpa?
Sua, de ser tão apegável?
Ou minha, de fantasiar as coisas reais e assim, me iludir com elas?

É, eu acho que foi minha realmente
Afinal, se apegar facilmente não é uma arte, é um martírio
Uma arte é desapegar-se com facilidade, mudar de direção rapidamente,
Não perder tempo com lamentos, viver sua vida.

Mas me diga, onde ensinam essa arte? Ensinam essa arte?
Talvez não a ensinem
Os que a possuem não devem querer dividi - lá com o pobre mundo, afinal
Lenços de papel e comidas gordurosas dão dinheiro.
E também a tristeza de uns diverte outros, por isso.

Mas não adianta ficar se lamentando, não é?
Não adianta ficar chorando pelo que já se foi
Por mais apegado que seja uma hora o coração acorda, uma hora ele escuta a voz pessimista do cérebro
E parte pra outra, dando um tempo pras feridas cicatrizarem, mas parte pra outra.