quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Palavras e Coração

O que escrever?
E como demonstrar?
Quais palavras escolher?
E  a onde as encontrar?

Entre confusão e confusão,
Momentos raros de lucidez são ostentados por meu coração.
E ele, tentando não te ludibriar,
Tenta sinceramente se expressar.
Com palavras doces ou não,
Sempre buscando sua autoafirmação.

6 comentários:

  1. caro senhor poeta q me deu a oportunidade de me deliciar com lindas palavras, o senhor acaba de fazer da pacata vida deste mero leitor uma vida de verdade , agora tudo mudou , muito obrigado

    ResponderExcluir
  2. Caro leitor, obrigado pelo seu comentário(um tanto quanto gay), mas a felicidade deste mero poeta que vos escreve só é completa quando suas poesias mudam a vida dos leitores, então eu que o agradeço hehehehe

    ResponderExcluir