domingo, 27 de novembro de 2011

Desventura

Eu não posso entender toda tua desventura
Pois nem tudo há de ter acontecido comigo
Então não posso lhe aconselhar com tal doçura
E sim opinar como amigo.

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Não é por acaso !

Não é por acaso que dia, rima com alegria
Que confusão rima com coração
E tristeza com moleza.
Que  poema rima com problema.
E poesia com acrobacia
Flor, com agricultor
E amor, rima com dor !

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Bipolaridade ):)

Não sei se nisso há veracidade
Ou de você é pura crueldade
Pois eu nunca sei se é falsidade
Ou alguma ironia da sua bipolaridade !