segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Teu nome

Esse teu nome, em minha mente é proferido
Por mais que meu coração se encontre ainda um pouco ferido
Ele, por você está comovido.

Não sei mais o que eu posso fazer, 
Este tal de amor está à me corroer.
Poemas não são o máximo que eu possa escrever
Pois,  pelo o que eu sinto montanhas eu poderei mover.

Talvez ainda não tenhas te dito que esteja te amando.
Acho que esse amor eu esteja mascarando.
Não por medo ou algo desse tipo,
É que eu talvez confunda tudo, às vezes eu me antecipo.

Mas mesmo assim eu estou disposto à lutar, 
Por uma pessoa que eu estou à adorar.
Por isso eu estou tentando te conquistar.

Eu queria também que os meus pensamentos antes de dormir, tu pudesses escutar,
Pois teu nome, minha mente insiste em chamar.



3 comentários:

  1. Mas que amor... sabia q isso ia acontecer... conheço a dona do ''nome proferido''... hehe

    ResponderExcluir
  2. vlw garotas kkkk 0/
    que bom que tu conhece, mas isso é um poema,ou seja, visão exagerada das coisasm hehe

    ResponderExcluir