domingo, 18 de setembro de 2011

Inspiração

Algo me falta para escrever bons poemas,
Talvez seja a maldita e falida inspiração.
Ela parece que tirou férias, já não aparece com tanta frequência.
Ou talvez esteja de mau,
Mas não sei o que fiz para ela
Pois nunca a destratei
Nem ao menos a desrespeitei,
Mas agora o que fiz já não sei.
Caso ela não apareça mais,
Meus poemas ficarão como um navio parado em um cais,
Sem sair do lugar eles estarão.
Já que agora, do amor meus poemas não mais sairão.
Enfim,
Se não mais ver a maldita inspiração,
Meus poemas falidos se findarão.

4 comentários:

  1. adorei esse poema, muuito bem escrito :o

    eu sei pra onde foi tua inspiração .-. mas logo logo vai arranjar motivos pra tê-la de voltaa \o

    ResponderExcluir
  2. Obrigado Nata 0/

    Aham, to em busca de novas inspirações 0/

    ResponderExcluir
  3. Isso aí! Tem que ir atrás de novas inspirações \O OPKASOPDPOASDKSPAD

    ResponderExcluir
  4. kkkkk aham aham, to ai pra isso kkkk 0/

    ResponderExcluir