terça-feira, 19 de julho de 2011

Pingos na Janela

Estava eu olhando pro nada
Pensando no tudo
Enquanto os pingos caiam na janela molhada pela chuva
Das inúmeras bobagens que pela minha mente passavam
Ela era a minha única certeza
A inspiração brilhava com ela
A cada gota de água que caia
Vinham na minha mente lembranças de momentos com ela vividos
Em meio dessas lembranças tive mais outra certeza
Aquele olhar dela, por mim nunca seria esquecido.

4 comentários: